Arquivo do blogue

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Casa C-212 Aviocar



Casa Aviocar C-212


Encomendados pelo governo português à empresa espanhola CASA – Construcciones Aeronáuticas S.A, no decurso de 1973, com o objetivo de prestar serviço em África e a intenção de substituir as aeronaves então utilizadas para transporte, acabaram por ser entregues numa altura em que o conflito africano já tinha terminado.

Utilizados entre 1974 e 2011, altura em que a totalidade da frota foi inibida, serviram com especial realce a Força Aérea Portuguesa nas missões que lhe foram entregues.


19 de novembro de 1976


Um C-212 A2-12 com a matrícula FAP 6516 e o número de fabricante 047, despenhou-se perto de Lisboa, na serra do Calhandriz, por eventual falta de cumprimento das normas de aproximação ao aeroporto de Lisboa, quando em rota Tancos/Lisboa.

No acidente faleceram o Capitão Piloto aviador José Luis Lopo Tuna e o Tenente Piloto aviador Amândio Jorge Almeida Cardoso.


In Diário de Lisboa



05 de julho de 1978

Um C-212 A2-12 com a matrícula FAP 6518 e o número de fabricante 050, despenhou-se na Serra de Santa Bárbara, Ilha Terceira, Açores no decurso de um voo de treino.

No acidente faleceram o Tenente Coronel Piloto aviador Carlos Alberto Heitor Lavrador, o Tenente Coronel Piloto Aviador Orlando Manuel Silveira Bettencourt e o 1º Sargento MMA Luís Maria Vitorino.




Foto de Snawn Smith - Site ASN


Foto de Snawn Smith - Site ASN

In Diário de Lisboa

Foto de Snawn Smith - Site ASN





Sem comentários:

Enviar um comentário

Vickers Valparaiso

 Vickers Valparaiso - crédito EMFA Adquiridos à fábrica inglesa Vickers em número de catorze, distribuídos pela versão I (motor Na...

As + vistas