PV-2 Harpoon

25 de fevereiro de 1960

Um PV-2 Harpoon, com a matrícula FAP 4624, despenha-se na Serra do Trancão - Bucelas quando efetuava a aproximação ao aeroporto de Lisboa.


Arquivo EMFA


No acidente morrem o Capitão Piloto Afonso Tiago Canelas Barreiras, o 2º Sargento Vasco Gonçalves Martins, registando-se ainda mais quatro feridos.

08 de junho de 1961

Em Cangola - Angola, despenha-se em missão de combate o PV-2 Harpoon com a matrícula FAP 4620, morrendo toda a sua tripulação composta pelo Tenente Piloto Carlos António Alves, o 2º Sargento Piloto Jorge Raposo Gomes Prata, o 1º Cabo ORT Orlando Custódio Machado dos Santos, o Furriel MMA José António Nobre Baiona e o Alferes Pára-Quedista Luis Ramos Labescat da Silva. 

O avião foi encontrado no dia 3 de agosto de 1961.

05 de fevereiro de 1963

O PV-2 Harpoon com a matrícula FAP 4617, despenha-se em Chimoio - Moçambique, falecendo no desastre os tripulantes: Capitão Piloto Áureo Renato Viegas e Costa dos Santos Pires; o 2º Sargento Piloto Eduardo Mota Naveira; o 2º Sargento MMA Manuel Vilela Caldeira; o 1º Cabo Telegrafista Fernando Manuel Faria; o 1º Cabo MMA Manuel Pacheco Cintra e o 1º Cabo MMA António Palma Cavaco. Existiram dois sobreviventes.

08 de novembro de 1963

Despenha-se em São Salvador - Angola,  o PV-2 Harpoon com a matrícula FAP 4612, morrendo o Major Piloto António Manuel Tavares de Brito, o 2º Sarg. MMA Ernesto Ferreira Touginha, o Capitão Piloto Manuel Gomes de Almeida, o 1º cabo RT Manuel Reis mais 4 tripulantes.


Arquivo EMFA

PV-2 Harpoon - Escala 1/72 - Rareplanes - Kit - Coleção e fabrico do autor 
Fonte: Revista Mais Alto; Air Enhusiast e diversas outras obras e jornais.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

LTV Aerospace Corp. A-7P Corsair II

Casa C-212 Aviocar

Cessna T-37C