Arquivo do blogue

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

T-33A T-Bird

T-33A - 1924

A Força Aérea Portuguesa, recebeu entre 1953 e 1990 um total de 35 unidades, trinta delas de origem norte americana fabricadas pela Lockheed Aircraft Corp., e as restantes de origem canadiana fabricadas na Canadair Ltd.

A sua intensa utilização em treino operacional traduziu-se numa elevada percentagem de acidentes, alguns deles com vítimas mortais.


07 de outubro de 1957

É perdido em Winnipeg, Canadá, um CT-133 Silver Star com o registo 21466, versão canadiana do T-33, tendo falecido no acidente o Alferes Piloto aviador Norberto Silva Quintas, que ali se encontrava em formação, morrendo igualmente o formador canadiano Donald van Dune Nicholson.

16 de agosto de 1960

O T-33A-1-LO com a matrícula FAP 1906 e registo USAF 51-17520, despenha-se contra a serra de Alvaiázere no decurso de voo noturno, falecendo o Alferes Piloto António José Nabais Conde e o 1º Cabo António Amaral Ferreira Afonso.


In Diário de Lisboa

01 de março de 1962

Despenha-se na Base Aérea da OTA na aterragem  o T-33A-1-LO com a matrícula FAP 1902 e o registo USAF 51-8928, falecendo no acidente o Alferes Piloto Albano de Lemos Pires e o Aspirante Piloto Hugo José Alvarez Munoz Cardoso.

In Diário de Lisboa

 
05 de junho de 1962

Por colisão com o solo, após descolagem mal sucedida, é perdido na Base Aérea da OTA, o T-33A com a matrícula FAP 1908 e registo USAF 55-3048, perdendo a vida o piloto Aspirante Satchidananda C. Xete Goundolcar


In Diário de Lisboa
06 de agosto de 1965

É perdido na aterragem em Monte Real Base Aérea 5, o T-33 com a matrícula FAP 1917  e o registo USAF 58-8885.

Morre no acidente o Tenente Piloto aviador Eduardo Prazeres Rodrigues Júlio.


In Diário de Lisboa


02 de agosto de 1967

O T-33A com a matrícula FAP 1910 e o registo USAF 55-3084 é perdido na Base Aérea da OTA, falecendo no acidente o Alferes Piloto Nuno Araújo Barbeitos após ejeção mal sucedida.


In diário de Lisboa

03 de julho de 1968

É perdido na Base Aérea da OTA o T-33A com a matrícula FAP 1913 e o registo USAF 55-3087, morrendo o Alferes Piloto José António Lemos Paula não obstante se ter ejetado. Sobreviveu outro piloto.

In Diário de Lisboa

05 de janeiro de 1979

Por acidente na fase de descolagem após manobra acrobática na Base Aérea de Monte Real, é perdido o T-33A com a matrícula FAP 1923, registo USAF 57-540, tendo falecido na ocorrência o Capitão Piloto aviador Vítor Manuel Fernandes Castro Gil e o Capitão Piloto aviador José Manuel dos Santos Costa.


In Diário de  Lisboa


 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vickers Valparaiso

 Vickers Valparaiso - crédito EMFA Adquiridos à fábrica inglesa Vickers em número de catorze, distribuídos pela versão I (motor Na...

As + vistas