Arquivo do blogue

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

T-33A T-Bird

T-33A - 1924

A Força Aérea Portuguesa, recebeu entre 1953 e 1990 um total de 35 unidades, trinta delas de origem norte americana fabricadas pela Lockheed Aircraft Corp., e as restantes de origem canadiana fabricadas na Canadair Ltd.

A sua intensa utilização em treino operacional traduziu-se numa elevada percentagem de acidentes, alguns deles com vítimas mortais.


07 de outubro de 1957

É perdido em Winnipeg, Canadá, um CT-133 Silver Star com a identificação 21466, versão canadiana do T-33, tendo falecido no acidente o Alferes Piloto aviador Norberto Silva Quintas, que ali se encontrava em formação, morrendo igualmente o formador canadiano Donald van Dune Nicholson.

16 de agosto de 1960

O T-33A-1-LO com a matrícula FAP 1906 e registo USAF 51-17520, despenha-se contra a serra de Alvaiázere no decurso de voo noturno, falecendo o Alferes Piloto António José Nabais Conde e o 1º Cabo António Amaral Ferreira Afonso.

01 de março de 1962

Despenha-se na Base Aérea da OTA na aterragem  o T-33A-1-LO com a matrícula FAP 1902 e o registo USAF 51-8928, falecendo no acidente o Alferes Piloto Albano de Lemos Pires e o Aspirante Piloto Hugo José Alvarez Munoz Cardoso.

05 de junho de 1962

Por colisão com o solo, após descolagem mal sucedida, é perdido na Base Aérea da OTA, o T-33A com a matrícula FAP 1908 e registo USAF 55-3048, perdendo a vida o piloto Aspirante Satchidananda C. Xete Goundolcar

06 de agosto de 1965

É perdido na aterragem em Monte Real Base Aérea 5, o T-33 com a matrícula FAP 1917  e o registo USAF 58-8885.

Morre no acidente o Tenente Piloto aviador Eduardo Prazeres Rodrigues Júlio.

02 de agosto de 1967

O T-33A com a matrícula FAP 1910 e o registo USAF 55-3084 é perdido na Base Aérea da OTA, falecendo no acidente o Alferes Piloto Nuno Araújo Barbeitos após ejeção mal sucedida.

03 de julho de 1968

É perdido na Base Aérea da OTA o T-33A com a matrícula FAP 1913 e o registo USAF 55-3087, morrendo o Alferes Piloto José António Lemos Paula não obstante se ter ejetado. Sobreviveu outro piloto.

05 de janeiro de 1979

Por acidente na fase de descolagem após manobra acrobática na Base Aérea de Monte Real, é perdido o T-33A com a matrícula FAP 1923, registo USAF 57-540, tendo falecido na ocorrência o Capitão Piloto aviador Vítor Manuel Fernandes Castro Gil e o Capitão Piloto aviador José Manuel dos Santos Costa.


Bibliografia consultada e recomendada 

  • Abecasis, José Krus - Bordo de Ataque – Memórias de uma caderneta de voo e um contributo para a história, I e II volumes - Coimbra Editora – 1985
  • Abreu, Luísa e Ventura, Pedro - De Havilland DHC-1 Chipmunk – 60 Anos de Memórias – FAP
  • Andrade, John M. - Spanish and Portuguese Military Aviation - Midland Counties Publications - 1977
  • C 212 Aviocar, Ao Serviço de Portugal desde 1974 -  Esquadra 401 – FAP – 2011
  • Cann, John P., Plano de Voo Á Africa, O Poder Aéreo Português na Contrassubversão 1961-1974, Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea, Maio 2017
  • Cardoso, Edgar Pereira da Costa - História da Força Aérea Portuguesa - volumes I, II e III – Edição Cromolor – 1981/1984
  • Cardoso, Adelino - Aeronaves Militares Portuguesas -  Essencial, 2000
  • Cardoso, Adelino - Aeronaves Militares Portuguesas, Cem Anos de Aviação em Portugal - Fábrica das Letras, Lda. – 2009
  • Carvalho, António C. Mimoso e Tavares, Luís Armando Duarte - Fiat G91 20 Anos na Força Aérea Portuguesa -  Edição dos autores
  • Coutinho, Alexandre e Garcez, André e Mata, Paulo - F-16 Falcões e Jaguares - Edição Autores – 2011
  • Coutinho, Alexandre - Alouette III na Força Aérea - Contra a Corrente - 2013
  • Dez Décadas de Força Aérea – Centenário da Aviação Militar Portuguesa – Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea - By the Book – 2016
  • Domingues, Rui e Ferreira, José e Araújo Filipe - T – 6 Lusitanos - Núcleo de Modelismo de Espinho – 2011
  • Fraga, Luis Alves, A Força Aérea na Guerra em África – Angola, Guiné e Moçambique, 1961-1974, Editora Prefácio, 2004
  • Granja do Marquês – Berço da Aeronáutica Militar Portuguesa, Força Aérea Portuguesa, 2009
  • Lopes, Mário Canongia e Costa, José Manuel Rodrigues - Aviões da Cruz de Cristo, 75 anos da Aviação Militar em Portugal – Dinalivro – 1989
  • Lopes, Mário Canongia - Spitfires e Hurricanes em Portugal – Dinalivro - 1992
  • Lopes, Mário Canongia - Os Aviões da Cruz de Cristo – Dinalivro - 2000
  • Panado, Juan Carlos - Casa Aviocar C-212 - Reserva Anticipada Ediciones - 2004
  • Rosado, José Paulo - T – Bird – Lockheed T-33 – Força Aérea Portuguesa - Edição do Autor - 1994
  • Tadeu, Viriato, Quando A Marinha Tinha Asas – Anotações para a História da Aviação Naval Portuguesa 1916-1952 - Edições Culturais da Marinha - 1984
  • Tavares, Luiz Armando e Soares, Armando Jorge - Portuguese Fighter Colours 1919 – 1956 – MPMBooks - 2016;
  • Jornais diários diversos, principalmente Diário de Lisboa, Diário Popular, Jornal A Capital, Diário de Notícias. 
  • Revistas:
    • Ilustração Portuguesa, diversos números
    • Mais Alto, diversos números
    • Armada, diversos números
    • Air Enthusiast 13 – August/November 1980 – Portugal´s Fighters, 1940-1952;
    • Air Enthusiast 31 – July/November 1986 – Portugal´s Thunderjet;
    • Air Enthusiast 40 – September/December 1989 – Latin Lockheed PV-2S;
    • Air Enthusiast 73 – January/February 1998 – Portuguese Military Aviation;
    • Air Enthusiast 75 – May/June 1998 – Portuguese Serials e High-Winged Workhorses;
    • Air International vol. 20 nº 3 – March 1981 – Survival of the Fittest?;
    • Air Magazine nº 65 Novembre/Décembre 2015 - Les Hurricane Portugais de “Angels one Five”; 
  • Contribuições
    •  Arquivo Histórico da Força Aérea;
    • Arquivo Histórico do Exército
  • Principais sítios e blogs utilizados nas pesquisas:

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Morane Saulnier MS 233

Construídos nas Oficinas Gerais de Material Aeronáutico sob licença da Francesa Morane Saulnier, os 16 aviões serviram a Aeronáutica Mi...