Arquivo do blogue

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Republic F-47D Thunderbolt




F-47D - Crédito EMFA
 
Cavalo de batalha na reta final na 2ª guerra mundial, então com a designação P-47, o Thunderbolt construído pela Republic Aviation Corporation e por outras fábricas nos Estados Unidos sob licença, veio equipar a partir de 1951, a então recém criada Força Aérea Portuguesa, até 1956, altura em que os últimos exemplares dos cinquenta recebidos foram sucateados.   
 
27 de fevereiro de 1952
 
O F-47D, com a matrícula FAP 4404,  tripulado pelo 1º Cabo Piloto Henrique Domingos Guerreiro, envolveu-se numa colisão aérea, tendo falecido no despenhamento do seu F-47D na Ota.


In Diário de Lisboa

 
15 de maio de 1952
 
Um F-47D com a matrícula FAP 4439, despenhou-se em Alguber - Cadaval,  após uma colisão aérea. No acidente faleceu o Tenente Piloto Aviador Manuel Melo Pereira Lemos.


In Diário de Lisboa
 
11 de setembro de 1952
 
O F-47D com a matrícula FAP 4426, despenhou-se em Lisboa, falecendo no desastre o 2º Sargento Piloto Luis Viveiros Rego.


In Diário de Lisboa
 
28 de novembro de 1952
 
Um F-47D com a matrícula FAP 4424, despenhou-se perto de Coimbra, falecendo no acidente o Alferes Piloto Luis Teófilo Afonso Veiga.


In Diário de Lisboa



 
15 de abril de 1953
 
Um F-47D com a matrícula FAP 4450, despenhou-se na Aldeia das Dez - Oliveira do Hospital, tendo falecido o 1º Cabo Piloto Alfredo José Oliveira Brito, natural da aldeia onde faleceu.


In Diário de Lisboa

14 de novembro de 1953

Despenha-se na Base Aérea da OTA, o F-47D com a matrícula FAP 4423, morrendo o 1º Cabo Piloto António Caldas Domingues.


In Diário de Lisboa
 
17 de fevereiro de 1954
 
Um F-47D com a matrícula FAP 4448, despenhou-se em Coruche, falecendo o 1º Cabo Piloto Henrique Carlos Mendonça Fragata.



In Diário de Lisboa


In Diário de Lisboa



 


Vickers Valparaiso

 Vickers Valparaiso - crédito EMFA Adquiridos à fábrica inglesa Vickers em número de catorze, distribuídos pela versão I (motor Na...

As + vistas