quarta-feira, 28 de junho de 2017

Tiger Moth - DH-82A

Tiger Moth - DH-82A - Crédito EMFA


Construídos primeiro pela inglesa De Havilland e posteriormente nas Oficinas Gerais de Material Aeronáutico – OGMA, foram utilizados 141 aviões, entre 1934 e 1955, inicialmente pela Aeronáutica Militar, pela Aviação Naval e finalmente pela Força Aérea Portuguesa.

O uso, predominantemente, na instrução de pilotagem transformou esta aeronave numa das que mais contribuíram para o cortejo de acidentes e consequentes vítimas mortais.

 
24 de junho de 1934

Colide com o solo em Braga, um Tiger Moth tripulado pelo Tenente aviador José Maria Soares de Melo Rodrigues, que perde a vida no acidente.

6 de junho de 1935

Capota na aterragem em Viseu,  o Tiger Moth com o número 126 da Aeronáutica Militar, morrendo o 2º Sargento Mecânico António José Gonçalves Lobato. O Piloto sobreviveu.

01 de abril de 1937

O Tiger Moth com a matrícula 108 da Aeronáutica Militar colide, em Pero Pinheiro - Sintra, com um poste telegráfico falecendo o 1º Cabo piloto João Dias Leite Faria.

28 de junho de 1937

Cai no mar, junto à Praia das Maçãs - Sintra, o  Tiger Moth com a matrícula da Aeronáutica Militar 138, morrendo o 1º Cabo piloto Armando Marques Coimbra.

8 de fevereiro de 1939

Devido a colisão no ar, é perdido o Tiger Moth 133 da Aeronáutica Militar, falecendo o Alferes piloto Francisco Barão da Cunha.
24 de abril de 1939

Num acidente em Viseu, é destruído o Tiger Moth 122 da Aeronáutica Militar, falecendo o Sargento piloto Abílio Alberto Maia e o civil Henrique Mourato Vermelho.  Este avião foi abusivamente utilizado pelo piloto sinistrado após o mesmo ter efetuado uma reparação do avião, sem que o piloto legítimo tivesse autorizado o voo.

06 de agosto de 1940

É perdido em colisão com o solo, em Sintra, o Tiger Moth com a matrícula da Aeronáutica Militar 109, falecendo o Aluno piloto cadete José Augusto Torres Lopes.

06 de setembro de 1940

Devido a colisão em voo são perdidos, perto do Algueirão - Sintra, os Tiger Moth 132 e 138, falecendo os 1º s Cabos piloto Armando Manuel Pereira e Carlos Manuel Almeida Franco.

02 de outubro de 1940

O Tiger Moth 128 da Aeronáutica Militar, colide com o solo em Almargem do Bispo na aterragem, tendo o piloto Tenente aviador João Mauricio Fernandes Espadanal, falecido mais tarde no Hospital devido aos sofrimentos sofridos. O aluno piloto sobreviveu.

05 de dezembro de 1940

Perde a vida em Lameiras - Sintra, após ter entrado em "vrille",  o 1º Cabo aviador Fernando da Rocha Paciência que tripulava o Tiger Moth 127 da Aeronáutica Militar.

09 de outubro de 1941

É perdido em Sintra, devido a colisão com cabos telefónicos, um Tiger Moth tripulado pelo1º  Cabo piloto João Maria Faria Júnior que morre no acidente. Fica ferido o Cabo aluno Domingos Fernandes Sousa.

15 de maio de 1942

Cai em Rio de Mouro - Sintra, devido a uma colisão em voo, um Tiger Moth  da Aeronáutica Militar, falecendo o 1º Cabo piloto João G. Fonseca e Bastos.

27 de janeiro de 1943

Devido a avaria mecânica é perdido em Albarraque - Sintra o Tiger Moth nº 110. O Piloto saltou em paraquedas tendo o 1º Cabo mecânico José da Cunha Gonçalves perdido a vida.

17 de junho de 1943

É destruído na Amareleja - Moura, após colisão com o solo, uma Tiger Moth da Aeronáutica Militar morrendo no acidente os Cadetes piloto Miguel Angelo Acciaioly Tamagnini Barbosa e Joaquim Rocha Calhordas.

07 de março de 1944

Colide com o solo no Fogueteiro - Almada, o Tiger Moth da Aeronáutica Militar nº 106, morrendo no desastre o 1º Cabo mecânico José Guilherme Silva, enquanto o piloto ficou ferido.

19 de maio de 1944

Após colisão em voo, cai na Granja do Marquês - Sintra, o Tiger Moth com a matrícula CS-ADC do Aeroclube de Portugal, falecendo o 1º Sargento piloto Abílio dos Santos e o aluno piloto Augusto César Gouveia. O outro Tiger Moth envolvido na colisão era tripulado pelo então Alferes piloto Galvão de Melo.

10 de setembro de 1945

 Devido a colisão em voo são perdidos, no Algueirão - Sintra, os Tiger Moth 102 e 110 da Aeronáutica Militar, falecendo os 1ºs Cabos piloto João Manuel da Costa Moura e José Guedes de Figueiredo.

19 de fevereiro de 1946

Colidem em voo, em Cardiga - Golegã, dois Tiger Moth da Aeronáutica Militar, morrendo no acidente os 1ºs Cabos piloto José Marques Peralta e Celestino Manuel Pinto da Costa.

18 de junho de 1961

É destruído  por colisão com o solo, na Amadora, o Tiger Moth do Aeroclube de Portugal com a matrícula CS-AFD, morrendo os alunos pilotos da Academia Militar Noé António Cerqueira e Álvaro Augusto Gama Gião Gouveia Matos.

10 de dezembro de 2004

Devido a colisão com o solo, nas Azenhas do Mar - Sintra, é perdido o Tiger Moth, entregue ao Museu do Ar, com a matrícula 119 da Aeronáutica Militar, pilotado pelo Coronel piloto aviador Ramiro Manuel de Almeida Santos.


Bibliografia consultada e recomendada 

  • Abecasis, José Krus - Bordo de Ataque – Memórias de uma caderneta de voo e um contributo para a história, I e II volumes - Coimbra Editora – 1985
  • Abreu, Luísa e Ventura, Pedro - De Havilland DHC-1 Chipmunk – 60 Anos de Memórias – FAP
  • Andrade, John M. - Spanish and Portuguese Military Aviation - Midland Counties Publications - 1977
  • C 212 Aviocar, Ao Serviço de Portugal desde 1974 -  Esquadra 401 – FAP – 2011
  • Cann, John P., Plano de Voo Á Africa, O Poder Aéreo Português na Contrassubversão 1961-1974, Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea, Maio 2017
  • Cardoso, Edgar Pereira da Costa - História da Força Aérea Portuguesa - volumes I, II e III – Edição Cromolor – 1981/1984
  • Cardoso, Adelino - Aeronaves Militares Portuguesas -  Essencial, 2000
  • Cardoso, Adelino - Aeronaves Militares Portuguesas, Cem Anos de Aviação em Portugal - Fábrica das Letras, Lda. – 2009
  • Carvalho, António C. Mimoso e Tavares, Luís Armando Duarte - Fiat G91 20 Anos na Força Aérea Portuguesa -  Edição dos autores
  • Coutinho, Alexandre e Garcez, André e Mata, Paulo - F-16 Falcões e Jaguares - Edição Autores – 2011
  • Coutinho, Alexandre - Alouette III na Força Aérea - Contra a Corrente - 2013
  • Dez Décadas de Força Aérea – Centenário da Aviação Militar Portuguesa – Comissão Histórico-Cultural da Força Aérea - By the Book – 2016
  • Domingues, Rui e Ferreira, José e Araújo Filipe - T – 6 Lusitanos - Núcleo de Modelismo de Espinho – 2011
  • Fraga, Luis Alves, A Força Aérea na Guerra em África – Angola, Guiné e Moçambique, 1961-1974, Editora Prefácio, 2004
  • Granja do Marquês – Berço da Aeronáutica Militar Portuguesa, Força Aérea Portuguesa, 2009
  • Lopes, Mário Canongia e Costa, José Manuel Rodrigues - Aviões da Cruz de Cristo, 75 anos da Aviação Militar em Portugal – Dinalivro – 1989
  • Lopes, Mário Canongia - Spitfires e Hurricanes em Portugal – Dinalivro - 1992
  • Lopes, Mário Canongia - Os Aviões da Cruz de Cristo – Dinalivro - 2000
  • Panado, Juan Carlos - Casa Aviocar C-212 - Reserva Anticipada Ediciones - 2004
  • Rosado, José Paulo - T – Bird – Lockheed T-33 – Força Aérea Portuguesa - Edição do Autor - 1994
  • Tadeu, Viriato, Quando A Marinha Tinha Asas – Anotações para a História da Aviação Naval Portuguesa 1916-1952 - Edições Culturais da Marinha - 1984
  • Tavares, Luiz Armando e Soares, Armando Jorge - Portuguese Fighter Colours 1919 – 1956 – MPMBooks - 2016;
  • Jornais diários diversos, principalmente Diário de Lisboa, Diário Popular, Jornal A Capital, Diário de Notícias. 
  • Revistas:
    • Ilustração Portuguesa, diversos números
    • Mais Alto, diversos números
    • Armada, diversos números
    • Air Enthusiast 13 – August/November 1980 – Portugal´s Fighters, 1940-1952;
    • Air Enthusiast 31 – July/November 1986 – Portugal´s Thunderjet;
    • Air Enthusiast 40 – September/December 1989 – Latin Lockheed PV-2S;
    • Air Enthusiast 73 – January/February 1998 – Portuguese Military Aviation;
    • Air Enthusiast 75 – May/June 1998 – Portuguese Serials e High-Winged Workhorses;
    • Air International vol. 20 nº 3 – March 1981 – Survival of the Fittest?;
    • Air Magazine nº 65 Novembre/Décembre 2015 - Les Hurricane Portugais de “Angels one Five”; 
  • Contribuições
    •  Arquivo Histórico da Força Aérea;
    • Arquivo Histórico do Exército
  • Principais sítios e blogs utilizados nas pesquisas:

T-6G Texan

T-6G - Crédito Blog Ex-Ogma   Avião que equipou em maior quantidade, desde sempre, a Aeronáutica Militar, a Aviação Naval e a Força Aére...