Arquivo do blogue

sexta-feira, 22 de julho de 2016

HD-41 H Hanriot





Perfil do HD-41 H


Construídos em França na Société Anonyme des Apparéils d´Aviation Hanriot, foram recebidos 6 aparelhos que foram utilizados pela Aviação Naval entre 1927 e 1933.


6 de junho de 1927


Tripulando um hidroavião Hanriot HD-41 H da Aviação Naval Portuguesa, com a matrícula 33, o 1º Tenente Apeles Espanca precipita-se no rio Tejo em frente à Trafaria, após sucessivas manobras acrobáticas.

Procurado de imediato pelos meios de socorro existentes, foi o corpo encontrado, por mergulhadores deslocados para o local, cerca das 18 horas.




In Diário de Lisboa





Hanriot HD-41 H

Prefácio de Florbela Espanca no livro "Máscaras do Destino", dedicado ao seu irmão Apeles Espanca


Este livro é o livro de um Morto, este livro é o livro do meu Morto. Tudo quanto nele vibra de subtil e profundo, tudo quanto nele é alado, tudo que nas suas páginas é luminosa e exaltante emoção, todo o sonho que lá lhe pus, toda a espiritualidade de que o enchi, a beleza dolorosa que, pobrezinho e humilde, o eleva acima de tudo, as almas que criei e que dentro dele são gritos e soluços e amor, tudo é d’Ele, tudo é do meu Morto!

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vickers Valparaiso

 Vickers Valparaiso - crédito EMFA Adquiridos à fábrica inglesa Vickers em número de catorze, distribuídos pela versão I (motor Na...

As + vistas