Arquivo do blogue

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Grumman G-21B Goose

Grumman G-21B Goose - Aviação Naval


Foram 12 as unidades utilizadas pela Aviação Naval e posteriormente pela Força Aérea no período entre 1940 e 1955. Estes aviões fabricados nos Estados Unidos pela Grumman Aircraft Engineering, eram essencialmente anfíbios, tendo as unidades produzidas para a Aviação Naval sido desprovidos das rodas de forma a ganharem algum peso transformado em maior capacidade de combustível, o que permitia as ligações com os Açores.

31 de agosto de 1943

Um hidroavião bimotor Grumman Goose, da aviação naval portuguesa com a matrícula G-108, tripulado pelo 2º Tenente Leopoldo Augusto César de Carvalho Sameiro Júnior, tendo ainda a bordo o 2º Tenente Daniel Morris Simões Sexton Muller, o Cabo mecânico Parracha e o 2º Marinheiro telegrafista Luís de Sousa Figueiras, afundou-se no Rio Tejo em frente à Cova do Vapor.

O acidente ocorreu aquando da descolagem, devido ao hidroavião ter embatido numa crista de uma vaga.

No acidente faleceu o 2ª Tenente Leopoldo Sameiro Júnior, tendo o corpo sido retirado aquando da recuperação do hidroavião.
 

                                                              In Diário de Noticias
 

In Diário de Noticias




Grumman G-21B Goose


 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vickers Valparaiso

 Vickers Valparaiso - crédito EMFA Adquiridos à fábrica inglesa Vickers em número de catorze, distribuídos pela versão I (motor Na...

As + vistas